Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

INTERNET PARA TODOS

dicas úteis, downloads, jogos, fotos, curiosidades, música, videos...todo o conhecimento é para ser partilhado!

CASOS DE SUCESSO - IDOSO APRENDE A LER AOS 96 ANOS E ESCREVE LIVRO AOS 98

11.12.11 | José Coelho

Este é mesmo um caso de sucesso e de exemplo para quem acha que estudar já é tarde. Nunca é tarde demais para isso. Dou o meu caso como exemplo, sempre tive aquele sonho de estudar na universidade e só consegui fazê-lo aos 27 anos. Tudo me parecia um sonho na primeira aula. Na minha turma tinha uma colega de 45 anos que também lá estava a estudar pela primeira vez.

 

A história de Jim Henry, um pescador de lagostas reformado, é completamente diferente da minha pois este homem decidiu, aos 96, aprender a ler. Este nativo de Stonington, Connecticut, EUA, foi obrigado a deixar a escola aos 7 anos para poder ajudar a sustentar a família e depois nunca mais teve a oportunidade de voltar a estudar.

 

Apesar de ter sido capitão de um barco de pesca de lagosta e de ter servido na Guarda Nacional onde aprendeu carpintaria que lhe deu jeito para construir a sua própria casa.

Ao longo da sua vida sempre conseguiu habilidosamente disfarçar o facto de ser analfabeto, sem problemas. E ninguém se apercebia disso durante anos. Quando ia ao restaurante, por exemplo, mandava vir sempre a mesma refeição que a sua acompanhante pedia.

 

Porque então decidiu aprender a ler tão tarde aos 96? Ficou inspirado depois de ouvir falar do caso de sucesso de um outro idoso, George Dawson, que aprendeu a ler aos 98 anos publicando depois um livro, e pensou que não era tarde demais para si e colocou mãos à obra.

 

Começou pelos livros mais básicos educativos, de estudantes da primária, e empenhou-se durante meses a estudar a fio e a praticar a escrita. O seu trabalho rendeu pois aos 98 anos, tal como o seu herói George, publicou um livro auto-biográfico intitulado "Na Linguagem de um Pescador", onde escreve sobre a sua vida e os seus feitos no mar.

 

"Sou o homem mais feliz do mundo. Sinto-me como se tivesse nascido outra vez", desabafou o nonagenário a um canal de notícias.

 

Se você conhece alguma pessoa que tenha desistido de estudar ou que não saiba ler, fale-lhe deste caso. Nunca é tarde demais para aprender. A vida dá-nos oportunidades e nós temos é de saber agarrá-las.

 

Seja cordial e educado. Comentários ofensivos ou pouco dignos serão imediatamente apagados.