Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

INTERNET PARA TODOS

dicas úteis, downloads, jogos, fotos, curiosidades, música, videos...todo o conhecimento é para ser partilhado!

ATUALIZAR O FACEBOOK APÓS A MORTE? POIS, É POSSÍVEL…

15.01.12 | Mari Ortiz
Os usuários do Facebook podem deixar uma última mensagem online para seus amigos através de um exclusivo aplicativo... “If I Die” (“Se Eu Morrer”) permite gravar um texto ou vídeo para ser postado na rede social quando a morte chegar.
Uma vez que ninguém acha que vai morrer a qualquer momento, para incentivar as pessoas a usar este aplicativo, foi preciso lembrá-las que a morte pode pegá-las em qualquer lugar, a qualquer momento. Usando a API de localização popular, a empresa desenvolvedora da ideia, a Willook, sabía exatamente onde alguém estava em tempo real e houve comunicação com milhares de pessoas de todo o mundo por telefone, alertando que a morte pode chegar de repente. Foram além: recordaram que, assim como elas foram encontradas para receber a mensagem pessoalmente, a morte também poderia apanhá-las em qualquer lugar… E então sugeriam a ideia de deixarem uma mensagem antes que fosse tarde demais.  
Sem qualquer orçamento de meios à disposição, o interesse repentino e extensivo da campanha, produziu numerosas manchetes nos jornais, blogs, rádio e TV, e o resultado foi um aumento expressivo de mensagens gravadas, deixadas em "If I Die".
Claro que há sempre a hipótese de algum segredo ser divulgado, mas a empresa sugere uma mensagem simples de adeus.
E quem iria postá-la se você morreu? Três amigos são indicados para publicá-la, confirmando a morte do usuário. Então, o aplicativo libera a mensagem.
Meio tétrico, pois não? Mais valeria incentivar as pessoas a declararem seus sentimentos em vida, a tornarem os convívios melhores… Entretanto, se essa for a sua opção, que faça bom uso.
Fonte: http://www.bonexpose.com
Já agora, uma imagem que comprova que "amigo é amigo"... :-)
Seja cordial e educado. Comentários ofensivos ou pouco dignos serão imediatamente apagados.